Grupo
05_17729798654e8b106f07854.jpg
06_17649310914e8b109835ec9.jpg
07_18339923957b5dd673b728.jpg
02_16067418245058b03cb07ae.jpg
04_5973322895058b04c13be6.jpg
09_3346800545058b05eafe48.jpg
11_14707682535058b06a013ff.jpg
12_157070824857b5ddafe27b2.jpg
13_14987539505058b08b2109b.jpg
14_10699926075061d2d883905.jpg
header1_3164082354c0c858061bd.jpg
header2_61566470154c0c86846030.jpg
03_681185263582363c215063.jpg
02_2085006950582363baf390b.jpg
01_1561509101582363a70b41b.jpg
12/03/2009
Martifer apresenta resultados referentes a 2008 - Proveitos da Martifer crescem 74%

Os proveitos operacionais consolidados do Grupo Martifer ascenderam a 901,9 M€ em 2008, representando um crescimento de 74% face a 2007 e um crescimento médio anual de 82% nos últimos 3 anos.

Os resultados operacionais consolidados, antes de amortizações e provisões e perdas de imparidade (EBITDA), ascenderam a 67,1 M€, reflectindo um crescimento de 81% face a 2007 e um crescimento médio anual de 63% nos últimos 3 anos.

O resultado líquido consolidado foi de 7,7 M€, reflectindo o elevado peso das amortizações e dos resultados financeiros resultantes dos fortes investimentos realizados nos últimos 2 anos. O resultado líquido consolidado ajustado de efeitos não recorrentes ascendeu a 5,3 M€.

A área de negócio de Construção Metálica cumpriu os objectivos definidos para 2008, tendo os proveitos atingido 323,6 M€ e o EBITDA registado um crescimento de mais de 20% para 34,7 M€. Este desempenho resulta da estratégia de diversificação geográfica (Roménia, Irlanda e Angola) e da focalização em projectos de maior complexidade e valor acrescentado.

A área de negócio de Equipamentos para Energia apresentou proveitos operacionais de 313,5 M€ e um EBITDA de 26,4 M€, registando um forte crescimento face a 2007 (+176% e +168%, respectivamente). Em 2008 concluiu a unidade de produção de módulos fotovoltaicos e as unidades industriais programadas no âmbito do cluster eólico.

A área de negócio de Geração Eléctrica executou o seu plano de investimentos conforme previsto, tendo investido 140 M€ na construção de parques eólicos e parques fotovoltaicos em Espanha, Polónia, Roménia, Brasil e Portugal.

Os proveitos operacionais da área de negócio de Agricultura e Biocombustíveis foram de 268,3 M€ e o EBITDA de 5,4 M€. O desempenho desta área foi afectado por factores externos, nomeadamente a regulação do sector do biodiesel em Portugal e a forte volatilidade dos preços de matérias-primas agrícolas, do preço do biodiesel e das taxas de câmbio.

 

Download: Press Release (105KB)