Grupo
05_17729798654e8b106f07854.jpg
06_17649310914e8b109835ec9.jpg
07_18339923957b5dd673b728.jpg
02_16067418245058b03cb07ae.jpg
04_5973322895058b04c13be6.jpg
09_3346800545058b05eafe48.jpg
11_14707682535058b06a013ff.jpg
12_157070824857b5ddafe27b2.jpg
13_14987539505058b08b2109b.jpg
14_10699926075061d2d883905.jpg
header1_3164082354c0c858061bd.jpg
header2_61566470154c0c86846030.jpg
03_681185263582363c215063.jpg
02_2085006950582363baf390b.jpg
01_1561509101582363a70b41b.jpg
01/03/2012
Martifer apresenta resultados de 2011 com melhorias significativas no quarto trimestre

Os Proveitos Operacionais do grupo Martifer atingiram os 550,1 M€ no exercício de 2011, uma redução de sete por cento relativamente a 2010, afetados pela redução da atividade na área das construções metálicas. Já o forte crescimento dos proveitos da Martifer Solar, em 2011, quase compensou a redução na área de construção metálica.

O EBITDA consolidado em 2011 registou um total de 8,9 M€, uma redução de 84,2 % face ao mesmo período do ano anterior. A margem EBITDA de 1,6 %, que compara com 9,6 % YoY. Esta fraca performance operacional deve-se a (1) margens negativas na construção metálica devido à fraca atividade e ao plano de reestruturação em curso e (2) margens mais reduzidas nos projetos solares, bem como o esforço de internacionalização e custos de entrada associados nesta área de negócio.

Do Capex de 2011, apenas o investimento na área de construções metálicas resulta de uma decisão estratégica de longo prazo de entrar num novo país: Brasil. Os restantes investimentos nas áreas solar e RE Developer são investimentos a curto prazo, necessários para completar projetos renováveis já em construção que o Grupo espera vender até 2013, de acordo com o plano de redução de dívida do Grupo.

O investimento em ativos fixos em 2011 (Capex) foi de 60,9 M€, maioritariamente aplicado a: construção de parques eólicos da área RE Developer na Roménia (19,2 M€), que o Grupo espera alienar a médio prazo; desenvolvimento de projetos solares nos EUA e em França pela Martifer Solar (26,8 M€); e construção da nova unidade de construção metálica no Brasil e capex de manutenção diverso (13,7 M€).

A Dívida Líquida consolidada do Grupo no final do ano 2011 totalizava 330,4 milhões de Euros, valor que se manteve estável relativamente ao final do ano de 2010.

O objetivo do Grupo Martifer aponta para a obtenção de um nível de endividamento entre 230- 250 milhões de euros até ao final de 2013.

 

ÁREAS DE NEGÓCIO:
Em 2011, a Martifer Solar teve um excelente desempenho, ultrapassando a Martifer Metallic Constructions, o que levou a uma alteração nos pesos de cada uma das áreas de negócio.

Na construção metálica, os proveitos operacionais caíram 31 % em 2011 para os 240,2 M€, fortemente influenciados pela conjuntura internacional desfavorável. No entanto, excluindo efeitos extraordinários, os resultados da área de negócio começam a aproximar-se da sua média normal.

O EBITDA atingiu -20,8 M€, que corresponde a uma margem EBITDA de -8,4 %, um decréscimo justificado pelo ambiente setorial desfavorável e (i) margens negativas na Europa de Leste e na Austrália; (ii) integração do cluster eólico na construção metálica e (iii) o adiamento inesperado de alguns projetos em carteira que levaram a uma redução no nível de atividade e produtividade com a consequente incapacidade de diluir custos fixos.

A carteira de encomendas total ascende a 290 M€.

Na solar, os proveitos operacionais aumentaram 32,8 % YoY, totalizando 293,2 M€, consequência da forte estratégia de crescimento implementada em 2010, que teve efeitos ao longo de 2011.

O EBITDA diminuiu apenas 9,4 % YoY para 20,1 M€, com uma margem de 6,8 %, que compara com 10,0 % em 2010, influenciada por i) esforço de internacionalização e custos de entrada associados, ii) aumento do peso do negócio da distribuição, com margens mais reduzidas, iii) baixa de performance no primeiro semestre do ano na Europa.

A carteira de contratos chave na mão (assinados) é de 192 M€, com Portugal, EUA, França e Bélgica com a contribuição mais significativa.

 

Download: Press Release (200KB)